8 de mar de 2010

Um pouco desta história

Estou sempre retomando minhas raízes de artista plástica para minha vida ser mais completa e desta vez me deparei com alguns trabalhos de costura que uma amiga fez pra casa dela. Me aventurei a costurar à mão uns porta-celulares, mas não deu certo.

Como sou teimosa, comecei a pensar em comprar uma máquina de costura, pro resultado da costura ficar melhor. Se o meu marido não fosse maluco, isso não teria acontecido. Um dia cheguei em casa e ele tinha comprado uma mini-máquina, muito da charmosa.

Em casa comecei pensar no que faria pra minha casa e de presente pra família e amigos.



Me empolguei e resolvi experimentar, o que até então eu havia apenas usado em brincadeiras de criança, fazendo vestidos de minhas bonecas. Fomos eu e Renata na 25 de março, um lugar "bem tranquilo". Aí, eu, que nunca havia comprado tecido, voltei com 2 sacolas pesadas, cheias de tecidos coloridos. Um estrago!!




O que fazer?

Pensei em várias coisas: saquinhos multi-uso, fiz um pra minha mãe, fiz até uma bolsa. Até parece, comecei a costurar agora e inventei uma coisa super difícil.







Depois inventei de fazer almofadas pra minha casa.

Um comentário:

  1. Oi, Paula

    Adorei suas almofadas, fiquei surpresa com essa nova ideia, pois voce costurando? Engaracado.Fiquei contente em receber seu email.
    beijos. PARABENS, Mi

    ResponderExcluir